Colheita 2016

Colheita 2016
Seja bem-vindo! E que nunca nos falte o pão, o vinho e a saúde e alegria para compartilhar!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Fazendo "Vinho" !

Imagino que um pouco de loucura seja aceitável nesta época do ano (e...bem...agora já é tarde demais para voltar atrás).
Tudo começou com uma receita de salada de agrião com endívia que escolhi para fazer na noite de Natal, na casa de minha amiga que nos receberá. A foto da receita está aqui e foi copiada do site da revista americana Food and Wine.

Não seria nada além de uma salada interessante (além do agrião e da endívia leva amêndoas em lascas e uvas frescas sem sementes). Mas o vinagrete que é usado como tempero leva 'verjus'. Sabe o que é?
Verjus é uma palavra que deriva do francês 'vert jus', ou seja: suco verde.
É um tempero criado na época medieval na Europa, quando o vinho era caro e o vinagre também. O verjus é o suco de uvas verdes, não muito doces, utilizado no lugar do limão e do vinagre para dar um pouco de acidez e frutado às saladas, em alguns cozidos e frutos do mar.
Claro que eu poderia simplesmente comprar uma garrafa de suco integral de uvas brancas. Mas não seria a mesma coisa. O verjus não é muito doce e o suco de uva é pasteurizado para poder ser engarrafado (isso significa que foi ligeiramente cozido). Então, suco de uva engarrafado estava fora de cogitação.
Encarreguei meus pais (os responsáveis pelas compras de feira da família) de encontrarem uvas brancas (de mesa, pois seria impossível achar uvas finas) firmes, não super doces, para que eu pudesse fazer o suco em casa.
Nada de anormal até aqui certo? Bem, as uvas chegaram lindas, perfumadas e eu decidi que valia a pena tentar deixá-las fermentar um pouco.
Hummmm...
Tive que pedir ajuda 'aos universitários', pois uma coisa é saber na teoria como se faz vinho. 
E na prática, bem, a teoria não é outra, mas como saber se está tudo certo?
Falei com minha amiga Gabriela, enóloga gaúcha (também casada com um enólogo que é responsável por fazer vinhos, espumantes e suco de uva) e eles - talvez porque gostem de mim - não riram de minha loucura, ao contrário, me deram as dicas de como colocar essas uvas para fermentar naturalmente, em casa, para provar um vinho doce jovem (ai! que pretensão!).
Então, aqui estão as fotos das uvas na panela de aço inoxidável, selecionadas grão a grão e desengarçadas manualmente. E na sequência as uvas sendo esmagadas com as mãos (desculpem, não tive coragem de colocar os pés na panela).
Isso é tudo o que tenho que fazer hoje. Cobrir com um pano limpo e deixar em temperatura ambiente até 'a natureza começar a agir'.
Amanhã tem mais...
 


Um comentário:

  1. Boa sorte! Continue contado a evolução da fermentação!
    bjk

    ResponderExcluir